advertica-default-slider-image

Pela segunda vez, assédio é denunciado no Itaú Ceic

Home  >>  Todos os artigos sobre direito  >>  Artigos Diários  >>  Pela segunda vez, assédio é denunciado no Itaú Ceic

Pela segunda vez, assédio é denunciado no Itaú Ceic

On agosto 25, 2015, Posted by , In Artigos Diários,Direito Trabalhista Bancário, By ,,,,,,,,, , With Comentários desativados em Pela segunda vez, assédio é denunciado no Itaú Ceic

Pela segunda vez, assédio moral é denunciado no Itaú Ceic

Intolerância com atrasos de cinco minutos é exemplo do clima de pressão vivido pelos bancários no local

São Paulo – Novas denúncias de assédio moral e demissões sem justificativa no Centro Empresarial Itaú Conceição (Ceic) estão chegando ao Sindicato. É a segunda vez que os bancários da Torre Conceição denunciam a Gerência de Processos e Projetos do Patrimônio.

Os funcionários relatam que o clima é de “regime militar”, comparação feita pela própria gerência do local. Um exemplo é a intolerância com atrasos de até cinco minutos. “Porém, a mesma rigidez não existe quando os bancários extrapolam a jornada. Doentes, estressados e sobrecarregados, eles temem que o quadro, que hoje tem por volta de 40 trabalhadores, diminua ainda mais”, ressalta Sergio Francisco, diretor do Sindicato. A alegação apontada nas demissões tem sido a de baixa performance, segundo os bancários.

Sergio lembra que o Itaú é um dos campeões em denúncias de assédio moral pela pressão exagerada por cumprimento de metas. “O banco incentiva a competitividade adoecendo os trabalhadores, visando lucratividade ainda maior, eliminando postos de trabalho e sobrecarregando os que sobram na área”, comenta.

O dirigente ainda reforça que o Sindicato irá acompanhar de perto todas as denúncias. “O desrespeito do Itaú para com seus funcionários já é rotina dentro da instituição que prega a sustentabilidade e a inclusão social. Por isso, o trabalhador que se sentir ameaçado deve denunciar e procurar o Sindicato.”

Fonte: Bancários – Luana Arrais – 24/6/2015

Comments are closed.